07 março 2017

Resenha do livro Se Eu Ficar, de Gayle Forman

07 março 2017
Eu estava com muita, muita saudade de mergulhar novamente nesse universo dos livros de romance e com muito drama(tem um tempo que ando viciada em distopia ahahha). Se Eu Ficar me reconfortou e me deu uma grande vontade de tocar algum instrumento da música clássica.
Já tinha assistido o filme e esperava muito mais do livro, só que a adaptação cinematográfica conseguiu ser, infelizmente, melhor do que o livro.



Editora:  Novo Conceito

Gênero: drama/ romance

Número de páginas: 224
                                            
Valor estimado: Entre R$20,90 á R$34,90

Era uma manhã de fevereiro. Mia sai para um passeio de carro com sua mãe durona, seu pai, e seu irmão mais novo. E em um instante, tudo muda. Seus pais morrem de uma maneira fatal, seu irmão corre um grande risco de morrer e ela, entra em coma.

Mesmo estando desacordada, Mia consegue perambular fora do seu corpo, como se fosse um fantasma e assim, ela vai descobrindo o que aconteceu com seus pais, com seu irmão e começa a acompanhar a desespero do namorado Adam para vê la.



O livro é dividido por duas partes: tem capítulos que narram o que a "Mia em coma" vê e partes que narram o que a "Mia do passado" vê. Daí, o leitor começa a acompanhar como era a vida dela antes do acidente acontecer e a percebe a importância que Adam tem.

Mia sempre foi uma menina quieta, na dela e que não dá problemas aos pais. Ela desde criança ama música clássica e se cativou pelo violoncelo, que é sua paixão. Adam é um rockeiro que é um ano mais velho que Mia, tem uma banda e é aquele tipo de garoto que não liga para regras, gosta de jeans e all star. Eles se sentem atraídos pela paixão que cada um tem pela música e é isso que faz todas as diferenças que eles tem, seja algo um pouco insignificante.

Assim que Adam fica sabendo do acidente, ele fica desesperado e desnorteado. É até engraçado acompanhar as coisas que ele faz para tentar ver a Mia no hospital. Mas o que é emocionante mesmo, é o que ele faz para Mia querer permanecer viva, querer ficar e não desistir, já que ela começa a pensar muito na ideia de partir junto com seus pais e seu irmão.



Além de ser um livro de romance, Se Eu Ficar nos ensina a nunca desistir daquilo que amamos, mesmo se o mundo ao nosso redor estiver desabando. Achei um pouco dramático mas isso que o livro quer passar, afinal é um livro de drama. Eu gostei dele por ser super direto e não enrolar muito, não suporto livros onde a estória não flui, consegui terminar o livro em apenas um dia. Indico o livro para que gosta de livros de drama/romance e que quer começar a ler um pouco desse gênero.


Trecho favorito: " Ás vezes você faz escolhas na vida, e ás vezes as escolhas fazem você. Essa é a beleza da vida."

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Todos os Direitos Reservados

Design & Desenvolvimento