13 janeiro 2017

Sonho suspeito

13 janeiro 2017


Se puder, leia ouvindo Daydreamin da Ariana Grande

Ainda lembro a música, o ritmo, as luzes e os olhares que você me mandava a cada palavra soltada no microfone. Voz nada afinada, desengonçada por si só, mas é essa imperfeição que você tem, que me faz querer você. Você estava ali e eu estava ali com você, aquela atmosfera fez com que meu perfume se misturasse ao seu,formando um.

Você olhando pra mim com seus olhos castanhos e seu cabelo encaracolado que eu adoro bagunçar e tentando fazer charme pra mim mas só de me olhar, já conseguia me deixar arrepiada, isso era o que fazia eu ser sua. Boba, só conseguia  ficar hipnotizada, prevendo a hora daquilo tudo acabar e em vez de você soltar a voz rouca no microfone, soltar ela nos meus ouvidos. Prevendo a hora em que você ia soltar aquele microfone, e se soltar em mim
.
Me lembro de tudo que aconteceu antes de sermos o que somos hoje. Estávamos quebrados, não acreditávamos no amor, éramos pessoas com olhares perdidos, porém algo bem pequeno fez a gente se aproximar mais e mais e aos poucos a gente foi acreditando mas as coisas pioraram. O passado insistiu em nos atormentar, como uma névoa que não se cansa de iludir, foi difícil pra mim e pra você. A única resposta era "não vai dar certo". Mas deu.

Foram as pedras que fizeram com que continuássemos juntos, foram as dificuldades que nos uniu. Nesse ritmo acelerado, agressivo e violento que as coisas ruins aconteceram, mas como uma música, tudo voltou ao ritmo correto, todas as coordenadas foram acertadas, todas as estrelas se alinharam em suas constelações e o destino brigou e obrigou para que os planetas, girassem da nossa maneira.


Agora que o sono insiste em vir, abraço sua blusa de frio que ainda tem um pouco do seu cheiro. Me sinto viva, aconchegada, leve, tranquila e com a aspiração de tudo isso não ser apenas mais um sonho.

Comente com o Facebook:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Todos os Direitos Reservados

Design & Desenvolvimento